segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Novas Roupas Velhas

Não vou mentir.
Sou consumista e tenho um closet abarrotado de roupas, sapatos e acessórios.
Já fui bem mais consumista, hoje em dia sou mais consciente das minhas compras. Penso se o que estou comprando vai combinar com o que já tenho ou se realmente estou precisando daquilo.

Claro que vez ou outra ainda levo umas coisas pra casa que depois penso, "WTF Por que raios comprei isso?", mas faz parte.
Bem o principal aqui, vai ser uma dica que tem me ajudado muito a diminuir meu excesso de compras:

"Use o que você já tem!"

Parece simples não é? Mas não é bem assim.
Aquela velha sensação de "não tenho o que vestir", estando na frente de um guarda-roupa lotado é comum, mas a verdade é que temos os olhos treinados a olhar sempre pras peças que mais gostamos e aí, óbvio que elas vão se repetir com frequência.

Então o exercício aqui é o seguinte:

  • Comece por tirar um tempo para organizar seu guarda-roupa.

Só nesse passo, você vai descobrir muitas peças que não usa a muito tempo, ou nem sabia que tinha.
Dê aquela geral e faça a limpa de roupas que não tem mais jeito, muito velhas, rasgadas, manchadas, curtas demais, largas demais ou justas demais.
O que ainda estiver em um estado Ok, doe. Doe para instituições, amigos, parentes, vizinhos. O que não te serve, pode servir pra outro.

Vou engordar ou Vou Emagrecer
Não, você não vai... Sorry, mas aquela sua calça que você usava há 10 anos atrás não vai entrar hoje em dia, não adianta guardar nem pros próximos 10 anos. E se acontecer o milagre de servir, provavelmente o modelo não vai ser muito "atual"...Fazer a Paquita com shorts branco de cintura alta e 2 palmos de cavalo, não rola né?


  • Organize

Ou por cores ou por tipo de peças ou as 2 coisas. Mas o importante é criar um padrão, onde você consiga se lembrar do que tem ou achar fácil.
Junte todas as suas calças e coloque-as em ordem de cor, ou de tecido ou de estilo, por exemplo.

Até este ponto eu já tenho muita noção do que tenho no meu guarda-roupa, então os próximos passos ficam fáceis.


  • Escolha a PEÇA CHAVE


Escolha uma peça especial, a "peça chave" por dia ou por semana, dependendo do seu tempo disponível.

Você olha o que tem, ou veja algo legal em uma revista ou site e aí você vai trabalhar essa peça.
A peça Chave, pode ser qualquer peça, uma blusa, uma camisa, uma saia, um sapato, um colar, uma cor de maquiagem. Qualquer item  e só precisa ser 1. E você vai focar nessa peça e combinar com o restante de peças que você tem disponível.


  • Exemplo:

   -Escolhi uma blusinha listrada de branco e azul marinho. Gosto dela, mas não usava a muito tempo e sempre deixava ela pra lá na correria do dia a dia.
   -Com a Peça Chave escolhida,  é só escolher qualquer outra peça que combine, que pode ser tanto peças que você usa sempre, como outas peças que você descobriu recentemente que tinha (na organização).
    -Se estiver sem idéias, vale pesquisar looks legais na internet ou revistas pra ter idéias de como usá-la.



Com a Peça Chave : Blusa Listrada, escolhi uma calça branca básica e um colar. Pronto!

Se eu não tivesse feito isso, provavelmente ia sair de casa de Jeans, sacarpin preto e uma regatinha branca, como sempre.

Na próxima vez, escolha outra peça chave. Se fizer isso com frequência, vai ver a quantidade de peças que você possui e a quantidade de idéias de combinações que podem surgir.
Com isso, aquela velha história de blusinha branca e calça preta do dia a dia acaba.
Vai demorar muito mais pra repetir suas roupas.
As compras começarão a ser mais conscientes, pois na hora de escolher já vai passando pela cabeça com o que vai combinar.
A meta agora é fazer isso pelo menos 3 vezes por semana!